22 de janeiro de 2010

Maior resolução = Maior qualidade...será?



    A maioria das pessoas quando vê um anúncio de jornal com duas câmeras diferentes sendo vendidas ao mesmo preço pensa assim: Ah, mas essa aqui tem 12 megapixels, a outra só tem 8 e tá o mesmo preço, quem vai ser idiota de comprar a outra? Certo? Errado! Hoje a guerra dos megapixels enche os bolsos das fabricantes mais populares e prejudica o usuário que deseja ter uma qualidade melhor nas suas fotos.
   Existe um componente que se não é o principal, é um dos mais importantes: O sensor. É ele quem literalmente faz as fotos, é o cérebro da câmera enquanto a lente seriam os olhos. É uma estrutura minúscula que capta a luz e a transforma em imagem e a resolução precisa acompanhar o tamanho do sensor, se isso não acontecer acarreta em uma perda de qualidade que eu vou tentar exemplificar agora.
O "famoso" sensor



   A Canon lançou a câmera SX110 em 2008 com uma resolução de 9 megapixels e um ano depois lançou sua sucessora SX120 com 10 megapixels, logo de primeira você acharia que a SX120 é a melhor mas para essa maior resolução se transformar em mais qualidade, o sensor dela também deveria ser maior que o da SX110 mas não é o que acontece, as duas usam o mesmo sensor de 0,24cm² (eu falei que era minúsculo) e ele não suporta os 10 megapixels da SX120 com a mesma qualidade dos 9 mp da sua antecessora SX110. Um pouco confuso ainda? Não faz mal, hoje em dia a guerra dos megapixels está se tornando tão absurda que me arrisco a dizer por conta própria: Em se tratando de câmeras compactas, quanto menos megapixels a câmera tiver, melhor será a câmera.

Canon SX110: Exemplo de câmera com ótima resolução sem perda de qualidade


   A relação entre tamanho do sensor e resolução é chamada de densidade de megapixels e é um item muito importante a ser levado em conta na hora de comprar uma câmera porém, não é uma informação que os fabricantes divulgam na hora da propaganda, aliás, resolução é talvez o último item a ser avaliado na hora de escolher seu equipamento. Importante ressaltar que não existe uma margem segura de densidade de megapixels mas eu considero que até 35MP/cm² esteja de bom tamanho, pra facilitar, hoje em dia câmeras de até 9 megapixels tem grande possibilidade de estar dentro dessa margem, algumas de 10 mp das grandes fabricantes provavelmente estão (Como Canon, Nikon, Sony, Olympus) e acima de 10 mp muito dificilmente terão uma resolução compatível com o sensor. Esse assunto parece um pouco confuso mas sempre que for preciso retornarei a ele pra esclarecer melhor isso.

6 comentários:

  1. Agora eu entendi...
    Por isso, vez ou outra, leio comentários do tipo: "Vai de Canon SX120, mas se vc encontrar a SX110, melhor ainda!"
    O mesmo tipo de comentário ocorre com a Panasonic Lumix FZ35... muita gente prefere a FZ28.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente a Panasonic chegou a anunciar que iria na contramão da guerra dos megapixels mas não aguentou, agora é a Canon que tá tentando mas sinceramente? Não vai conseguir, senão não vende porque esse tipo de informação não atinge o grande público e é isso que vou tentar fazer.

    ResponderExcluir
  3. Puxa, Rodrigo! A pressão, realmente, deve ser grande...
    E se elas não se colocarem em pé de igualdade com as outras marcas acabam perdendo terreno mesmo...
    Sempre ouço pessoas comentando: "Eu tinha uma câmera de 7.1 MP, mas agora quero uma de 12MP!"
    Não sabem elas que dependendo da marca, uma câmera de 5MP pode fazer imagens belíssimas...

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo depois que li esse post fiquei uns dias pesquisando os sites de vendas e quase não se vê compactas com menos de 10 ou 9 megapixels, ou seja, dentro de poucos meses, 12 MP será praticamente padrão. E aí como é que fica?
    .
    Lembro que (se não estiver enganada!) umas das primeiras marcas a aumentar os MP de suas câmeras foi a Mitsuca e depois a GE, creio que tenha sido uma alternativa de entrar e se estabelecer no mercado de forma rápida. Daí pra frente as outras marcas começaram a ceder às “provocações” e como vc bem disse, quem agora “paga o pato” é o consumidor. Contrário a isso tudo, ainda encontramos dslr com 5mp... E quem não conhece, pensa que é um equipamento ultrapassado... O.o
    .

    Vc diz ainda no post que a resolução precisa acompanhar o tamanho do sensor e que se isso não acontecer a perda qualidade da imagem, seja ela pequena ou não, é inevitável. Agora pergunto, uma forma de amenizar ou evitar isso é usar uma resolução menor (8 ou 9mp) mesmo tendo em mãos uma câmera de 12 megapixels?

    ResponderExcluir
  5. Wigui, só a Nikon ainda tem no mercado as L19 e L20 com 8 e 10 megapixels respectivamente, a tendência é essa: A qualidade sempre caindo, os sensores não estão acompanhando isso, lembra que falei que acho 35MP/cm² uma margem segura? Já tem câmeras com 50MP/cm²!!!

    E infelizmente, a primeira coisa que pensei foi nisso: Basta eu não usar a resolução toda, afinal já que não vou imprimir nenhum poster, só preciso de 3 ou 4 mp mesmo. Mas o sensor processa a foto usando a resolução total e depois reduz para a resolução selecionada pelo usuário, ou seja, vai ter uma qualidade mais baixa mesmo. Pode verificar isso usando o formato RAW que existe em algumas câmeras, só dá pra usar na resolução máxima, é como se a foto fosse feita em RAW e depois passada para o JPEG.

    ResponderExcluir
  6. Já imaginava que não pudesse mesmo...mas perguntei porque tinha ainda um pouquinho de esperança de que isso pudesse resolver o problema rsrsrsrs...
    Uma pena!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails